Viajando

Entre as coisas que gosto, nesta vida maravilhosa que Deus me deu, a qual cuido com zelo e carinho, é viajar. Aliás, alguém conhece alguém que não goste de viajar? Como é bom conhecer novos lugares, culturas diferentes, respirar novos ares e criar novos laços! Laços é fundamental.
Claro, isso demanda tempo, organização e dinheiro. Mas com um bom planejamento,  a gente consegue tudo o que se quer. 
A questão, trata-se mais de força de vontade e parar  de arranjar desculpas...
Ao seu tempo, minhas férias chegarão e a próxima viagem também.

Enquanto esse dia não chega, permito-me viajar de outras maneiras, afinal a vida pode ser uma aventura para quem sabe vivê-la, ou uma tragédia para quem não sabe interpretá-la.
Viajo nos livros, nos blogs amigos, (e aprendo muita coisa bacana), viajo no encantamento da vida, na história de algumas pessoas, nos olhos da mulher amada, e as vezes, na maionese também. É que não sou nada perfeito.
Geralmente a noite, viajo para mim mesmo. Estranho isso né! Mas é voltando-se para mim mesmo, que reponho a vida nos "eixos".
Acredito que o mundo mais desconhecido é o nosso universo interior. Seria interessante passar umas férias por lá, visitando cada cantinho, becos, ruelas e ir apaziguando os conflitos que há por lá.

Provavelmente algumas respostas não encontradas em nosso mundo exterior, estejam latentes, aguardando uma visita, um tiquinho de prosa, em nosso mundo interior.
Aproveite seu final de semana.

10 comentários:

  1. Viajar é lindo e muito bom! E pra dentro de nós, é importante.Aprendemos a ver...abração,lindo fds!chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Viajar é muito bom, chica; no entanto, nem todos estão dispostos a viajar para dentro de si. Há o medo do desconhecido.

      Ótimo fim de semana!

      Excluir
  2. Fico feliz em perceber que certas pessoas,
    como nós, têm a capacidade de reconstruir para recomeçar.
    Isso é sinal de garra e de luta, é saber viver, é tirar o
    melhor de todos os passageiros.
    Agradeço a Deus por você fazer parte da minha viagem,
    e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado,
    com certeza,o vagão é o mesmo.
    Com saudades desejo um feliz Domingo,
    beijos na sua alma carinhosamente,Evanir.
    A Viagem..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Evanir!
      Os tropeços só existem porque temos a capacidade de reconstruir e recomeçar.
      Estamos no mesmo vagão sim, e aprendo muita coisa boa por lá. Quanto a saudade, só sente quem gosta.

      Abraços.

      Excluir
  3. Eu gosto na internet exatamente por isso, nem sempre temos condições financeiras para conhecer lugares e culturas como citou, tbm faço minha viagens interiores kkkk mas ri muito ao dizer de viajar na maionese quem já não o fez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patricia!
      Eu diria que "viagens interiores", conhecer-se, é buscar as respostas que não estamos encontrando no mundo exterior. Viajar na maionese, de vez em quando é bom e faz parte do aprendizado da vida.

      Abração.

      Excluir
  4. Nestor, eu adoro viajar, e tenho deixado a preguiça de lado e embarcado quando me chamam, mesmo que as viagens sejam curtas.
    Porém, os outros tipos de viagem, essas que fazemos diariamente, fazem parte constante da minha "rota", e como aprendo!
    Sem essa viagem interior, acabamos por ficar empobrecidos. E viajar na maionese faz um bem danado, afinal, rir é o melhor remédio!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bia, como vai?
      O bom de viajar é que você deixa de lado, ao menos por um tempo, um "monte" de coisas. Ao voltar, muitas coisas, problemas já se resolveram.

      Viajar para nós mesmos, é buscar o equilíbrio entre os dois mundos.
      Ótima semana pela frente!

      Excluir

  5. Olá Nestor,

    Também adoro viajar. E concordo que é possível viajar de diversas maneiras, conforme você exemplificou. Considero importante esta viagem para o nosso interior, pois ela nos restaura e equilibra, além de nos trazer respostas que não encontramos em outros lugares.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vera, é muito bom ver você por aqui.

      O equilíbrio da vida passa para o voltar-se a si mesmo. É aí que encontramos as respostas sensatas para nossas inquietudes.

      Lindo outubro pela frente.

      Excluir

Que legal! Família Alcará agradece ao seu comentário nota 10. Em breve estará disponível à todos.